Blog

Gerar GNRE manualmente é coisa do passado. Automatize!

Tempo de leitura: 3 minutos

O seu departamento fiscal ainda possui a rotina de gerar GNRE manualmente? Essa é uma tarefa que demanda bastante tempo dos profissionais – que poderiam ser alocados em outras atividades mais importantes para aumentar a produtividade do setor.

A GNRE (Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais) é um dos principais documentos quando falamos sobre obrigações tributárias. Trata-se da forma que as organizações possuem de fazer o recolhimento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em vendas de produtos para fora do Estado.

Porém, essa obrigação pode ser efetuada com mais agilidade e eficiência. Basta automatizar os processos usando as soluções digitais que estão disponíveis.

Neste artigo veremos por que gerar GNRE manualmente é coisa do passado. Entenda como automatizar essa rotina na sua empresa!

A importância da GNRE

A Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) registra as vendas de produtos para fora do Estado que estão sujeitas à substituição tributária. Dessa forma, torna-se possível recolher o ICMS nos Estados de destino do produto e facilitar a arrecadação desse imposto na venda interestadual.

Ou seja, estamos falando de um documento obrigatório para todas as organizações que vendem produtos ao consumidor final ou empresa não contribuinte do ICMS com entrega para fora do Estado de origem. É dessa forma que essas empresas garantem o recolhimento correto do ICMS – partilhando a arrecadação entre os governos das unidades federativas envolvidos na transação comercial.

Gerar GNRE
Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais

Você ainda gasta tempo gerando GNRE manualmente?

Apesar de ser um documento obrigatório, a sua empresa não precisa gerar GNRE manualmente. Afinal, essa é uma rotina que pode tomar um tempo precioso da sua equipe.

Além disso, ainda existem outras complicações que podem surgir ao emitir guia GNRE manualmente:

  1. Multas por atraso. Um simples atraso no momento de gerar guia GNRE pode levar a sua empresa a ter multas por atraso no recolhimento do ICMS devido.
  2. Pagamento em duplicidade. Outro problema que pode ocorrer ao gerar GNRE manualmente é o pagamento em duplicidade – quando o imposto é recolhido mais de uma vez sobre a mesma operação.
  3. Caminhão parado em barreira fiscal. Quando a GNRE não é emitida adequadamente, os seus caminhões podem ser parados em barreiras fiscais – gerando inúmeros outros prejuízos.

Passo a passo para gerar GNRE

Quer entender melhor todas as etapas necessárias para emitir guia GNRE? Então veja este passo a passo:

  1. Gerar a Nota Fiscal Eletrônica
  2. Imprimir duas vias da Nota Fiscal
  3. Checar a tabela de alíquotas de ICMS – observando os estados envolvidos na transação
  4. Calcular a diferença entre a alíquota interna e alíquota do estado destino
  5. Entrar no site do SEFAZ e emitir guia para pagamento que vai para o estado do cliente
  6. Imprimir guia GNRE
  7. Pagar a guia GNRE
  8. Imprimir o comprovante de pagamento
  9. Juntar a Nota Fiscal, a GNRE paga e o comprovante de pagamento ao produto
  10. Enviar o produto ao cliente

Muito tempo para fazer uma simples tarefa, não?! É exatamente por isso que automatizar é o melhor caminho para a eficiência.

Aproveite os benefícios da automação!

via GIPHY

Gerar GNRE automaticamente permite que você percorra todos esses passos sem a necessidade de esforços manuais. Ou seja, uma solução digital fica responsável por todos esses processos – gerando diversos benefícios:

  • Redução do tempo gasto na realização de tarefas manuais ou repetitivas
  • Simplificação de processos no departamento fiscal
  • Precisão nos cálculos do ICMS a ser recolhido
  • Consistência e previsibilidade no cumprimento das obrigações
  • Aumento da produtividade de todo o departamento fiscal
  • Redução de custos no desenvolvimento dos processos internos
  • Redução das chances de erros e falhas
  • Em caso de turn-over, o treinamento do novo profissional/equipe é reduzido drasticamente
  • Eliminação de problemas com caminhões parados em barreiras fiscais – agilizando as entregas feitas pela sua organização

Você já conhecia os benefícios de gerar GNRE automaticamente? A Dootax possui as soluções ideais para que você possa automatizar esse e diversos outros processos do departamento fiscal. Visite a nossa página e descubra como podemos ajudá-lo.

Compartilhe
Avatar
Sobre o autor

Thiago Souza

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Reforma tributária: governo poderá criar imposto verde
Reforma tributária: governo poderá criar imposto verde

O Governo Federal pretende criar um imposto verde sobre a emissão de carbono e a Dootax explica como ele funcionaria no sistema tributário brasileiro.

Automação de GNRE: economize tempo e evite multas
Automação de GNRE: economize tempo e evite multas

Conheça os benefícios que a automação da GNRE (Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais) pode proporcionar.

Como a Dootax pode auxiliar sua área fiscal
Como a Dootax pode auxiliar sua área fiscal

A Dootax desenvolve soluções para simplificar o recolhimento de tributos nacionais através da automatização.