Blog

Como o RPA fiscal está revolucionando as empresas?

Tempo de leitura: 3 minutos

Um RPA fiscal pode ser o protagonista de uma grande mudança no setor fiscal da sua empresa. A robotização de processos permite que não seja mais necessário depender da intervenção humana em diversas atividades internas – gerando ganhos de produtividade, qualidade e redução de custos.

O que muitos profissionais ainda não sabem é que a tecnologia de RPA já está facilmente acessível. Não estamos falando sobre uma solução voltada apenas para as empresas gigantes do mercado. É possível encontrar soluções do tamanho das suas necessidades e promover uma revolução no seu departamento fiscal.

Quer entender como um RPA fiscal está revolucionando as empresas? Então descubra logo a seguir.

Imagem de rawpixel por Pixabay

O que é RPA?

O termo RPA (Robotic Process Automation) se refere a robotização de processos. Ou seja, é uma solução de automação que opera com softwares programados para executar tarefas – que também podem ser chamados de robôs.

Na prática, estamos falando de uma ferramenta capaz de automatizar processos e atividades por meio de scripts. Com base em um conjunto de regras e instruções, é possível deixar várias tarefas nas mãos desses robôs.

O objetivo é que esses robôs reproduzam as ações que um humano executaria com perfeição sem a necessidade de intervenção humana. Dessa forma, os profissionais não precisam se ocupar de atividades manuais e repetitivas – alocando o seu tempo em atividades mais complexas.

Dentro do setor fiscal, o RPA pode ficar responsável por várias atividades típicas dessa área:

  • Inserção de dados no sistema
  • Preenchimento de informações em guias ou relatórios
  • Realização de cálculos
  • Recolhimento de tributos
  • Geração de relatórios
  • Envio de notificações e mensagens
  • Recuperação ou armazenamento de informações
  • Integração de informações com o ERP
  • Entre várias outras

Benefícios do RPA fiscal

via GIPHY

Usar um RPA fiscal gera diversos benefícios para a organização. Veja os principais deles:

  1. Compliance fiscal
  2. Recursos humanos focados na estratégia
  3. Redução no tempo de execução de atividades
  4. Escalabilidade
  5. Pagamento através da plataforma do RPA Fiscal
  6. Calculo automático de multa e juros
  7. Atendimento ágil à fiscalização
  8. Não requer instalação de softwares ou upgrades de sistemas existentes
  9. Integração com o ERP
  10. Fácil disseminação da informação

Como o RPA está revolucionando as empresas?

Para compreender melhor o impacto do RPA nas empresas, vamos usar como base o relatório “Nível de Maturidade na Aplicação da Tecnologia RPA nas Empresas Brasileiras”, que foi apresentado durante o RPA Congress Distrito Federal, que aconteceu em Brasília (26/9/19), e contou com a Dootax como uma das patrocinadoras do evento.

Cobertura de uso do RPA

  • Aproximadamente 73% das empresas utilizam ou pretendem utilizar RPA, sendo 56% já utilizam essa tecnologia
  • Aproximadamente 24% das empresas estão escalando (mais de 10 licenças RPA)
  • Os principais áreas de Negócios para RPA são: Finanças (54%), RH (31%), TI (27%) e Fiscal (26%).

Vantagens da Implementação

Os principais benefícios esperados na implementação do RPA são:

  1. Redução de custos (72%)
  2. Redução de tempo de operação (67%)
  3. Redução de erros (60%)
  4. Melhoria de nível de serviços (47%)
  5. Redução de retrabalho (41%)
  6. Redução de mão de obra (41%)
  7. Governança/Compliance (37%)
  8. Ser mais competitivo no mercado (36%)
  9. Redução de riscos (compliance) (32%)
  10. Escalabilidade dos processos (26%)
  11. Melhoria da experiência do cliente (23%)
  12. Rápida obtenção do ROI (21%)
  13. Curto tempo de implantação (16%)
  14. Aumento da satisfação dos funcionários (15%)
  15. Flexibilidade da solução (13%)
  16. Baixo custo de implantação (10%)

Governança

  • Aproximadamente 48% das empresas usam o RPA apenas com a Equipe Interna, 12% apenas com Consultoria Externa e 40% ambos (Equipe Interna e Consultoria Externa)
  • Os principais motivos para escolha de Integrador RPA são, respectivamente: Experiência Comprovada (74%) e Custo do Projeto (65%). Além disso, aspectos como Imagem da Marca (24%) tem uma parcela menor na decisão.
  • As principais barreiras para escalar RPA são respectivamente: Definir e Priorizar os Processos a serem Robotizados (57%), Processos de Negócios muito fragmentados (36%), Alocar recursos do Orçamento (32%) e Convencer equipes internas de colaboradores (31%)

Propensão à compra

  • Aproximadamente 99% das empresas que já utilizam RPA pretendem expandir sua utilização
  • Aproximadamente 89% das empresas pretendem expandir RPA nos próximos 12 meses
GNRE

Dootax: uma solução de automação e RPA fiscal

Você está pronto para levar toda a revolução proporcionada pelo RPA fiscal para a sua empresa? Para colocar isso em prática, você pode contar com a ajuda das soluções Dootax – que foram desenvolvidas para proporcionar a automação de processos no departamento fiscal.

Quer saber mais sobre RPA Fiscal? Increva-se no nosso webinar gratuito!

Compartilhe
Avatar
Sobre o autor

Thiago Souza

Deixe uma resposta

Posts relacionados

O que é Domicílio Tributário Eletrônico?
O que é Domicílio Tributário Eletrônico?

Venha entender melhor o que é Domicílio Tributário Eletrônico (DT-e) e como ele pode simplificar o acesso entre o Fisco e o seu negócio.

O que são Impostos Não Cumulativos
O que são Impostos Não Cumulativos

Conheça as principais características dos impostos não cumulativos e mantenha o compliance fiscal na sua empresa.

Custos no departamento fiscal: quanto custam processos manuais?
Custos no departamento fiscal: quanto custam processos manuais?

O departamento fiscal desempenha um importante papel nas organizações. Quanto custa esse departamento por mês? Sabia que é possível torná-lo estratégico?