Blog

Planejamento tributário: por que ele é tão importante

Tempo de leitura: 3 minutos

Você já ouviu falar sobre o planejamento tributário? Essa é uma estratégia explorada pelas empresas para reduzir os custos com tributos e facilitar a manutenção do compliance fiscal – mostrando-se uma alternativa de reduzir os impactos da carga tributária dentro dos limites legais.

O planejamento é uma rotina que faz parte de diversas atividades de uma organização, certo? É preciso traçar planos estratégicos, financeiros, comerciais, entre outros. Da mesma forma, também é importante planejar o cumprimento das obrigações tributárias para aumentar a eficiência da organização no pagamento de seus impostos.

Mas por que será que o planejamento tributário é tão importante para uma organização? Descubra neste artigo.

O que é e por que fazer um planejamento tributário?

O planejamento tributário é uma estratégia para reduzir a carga tributária de uma empresa em conformidade com a lei. Na prática, ocorre um estudo sobre todas as obrigações tributárias – incluindo seus fatos geradores, alíquotas ou obrigações acessórias – para encontrar as alternativas mais benéficas.

Ao contrário dos artifícios de sonegação fiscal, o planejamento tributário é realizado dentro dos limites da lei. Ou seja, são tomadas decisões que impactam na tributação da pessoa jurídica, mas sem realizar qualquer manobra que não esteja permitida na legislação.

Considerando a onerosidade da carga tributária brasileira, o planejamento tributário se torna uma ótima maneira de reduzir despesas de uma empresa. Além disso, ainda contribui para a construção de um orçamento empresarial mais eficaz e garante que a empresa alcance o compliance fiscal – usando como base as informações levantadas no estudo sobre a tributação.

Planejamento tributário
Imagem de StartupStockPhotos por Pixabay

Tipos de planejamento tributário

Para alcançar a sua finalidade, o planejamento tributário pode assumir diversos formatos. Os principais tipos de planejamento tributário são o estratégico e o operacional:

Estratégico

O planejamento tributário estratégico é feito com base em uma visão de longo prazo, levando em consideração os valores, missão e visão da organização. Na prática, é realizada uma adequação à legislação tributária com foco em um prazo de 5 a 10 anos.

Os principais pontos analisados em um planejamento tributário estratégico são:

Operacional

O planejamento tributário operacional é focado em curto prazo – com objetivos em um prazo de 3 a 6 meses. Na prática, trata-se de uma organização de todas as datas e valores que devem ser respeitados ao longo dos meses. Além disso, também é feita uma determinação das metodologias e os responsáveis pelas atividades.

De nada adianta escolher o melhor regime tributário e encontrar incentivos fiscais que podem ser aproveitados quando a empresa tem dificuldade em respeitar os prazos ou entregar todas obrigações, não é? O planejamento tributário operacional contribui diretamente para que todas exigências sejam seguidas – evitando penalidades como multas.

Benefícios do planejamento tributário

Quando uma empresa opta pela realização do seu planejamento tributário, são vários os benefícios que podem ser aproveitados. Veja os principais deles:

  • Opção pelo regime tributário mais adequado. Escolher o regime tributário que mais se encaixa à sua empresa é fundamental para minimizar as despesas e facilitar o cumprimento de todas as obrigações legais.
  • Aproveitamento de incentivos fiscais. Ao conhecer os principais incentivos fiscais para as organizações do seu nicho de atuação é possível aproveitar benefícios como a redução de alíquota, diminuição da base de cálculo ou isenção.
  • Redução de custos. O principal objetivo do planejamento tributário é a redução de custos. Apesar de não ser possível eliminar os gastos com impostos, você pode trabalhar para pagar o mínimo possível.
  • Eliminação das autuações. O planejamento tributário é um exercício preventivo para ajudá-lo a cumprir todas as obrigações tributárias dentro do prazo. Assim, você consegue eliminar casos de autuações.
  • Organização do orçamento anual. Você pode conhecer com antecedência como as despesas tributárias estão espalhadas ao longo do ano. Com base nessa informação, torna-se possível organizar melhor o orçamento anual da empresa.

Tecnologia: uma aliada para o planejamento tributário

O planejamento tributário pode se beneficiar da tecnologia de diversas maneiras diferentes. O pagamento automático dos impostos ou a emissão de notas fiscais são mecanismos eficientes para que você perca menos tempo com processos burocráticos e garanta o compliance.

via GIPHY

Com uma solução digital operando no departamento fiscal, torna-se mais fácil organizar todos os dados importantes para um bom estudo sobre as questões tributárias.

Você já conhecia a importância do planejamento tributário? As soluções Dootax podem ajudá-lo a colocar essa estratégia em prática com diversas funcionalidades voltadas para o departamento fiscal. Visite o nosso site!

Compartilhe
Avatar
Sobre o autor

Thiago Souza

Deixe uma resposta

Posts relacionados

CAT 42/2018
CAT 42/2018

Entenda todos os detalhes da CAT 42/2018 lançado pelo governo de São Paulo e mais detalhes sobre o e-Ressarcimento.

Planejamento tributário: por que ele é tão importante
Planejamento tributário: por que ele é tão importante

O planejamento tributário é uma uma ótima maneira de reduzir despesas de uma empresa dentro dos limites da lei. Aprenda mais nesta matéria.

Paraná oficializa adesão à NFC-e
Paraná oficializa adesão à NFC-e

Com a publicação do Decreto 12.231/2014, o Paraná enfim oficializa sua adesão ao projeto da Nota Fiscal do Contribuinte Eletrônica. O referido Decreto cria o novo documento modelo 65, além de estabelecer as regras para utilização da NFC-e no estado. Apesar de o Paraná já ter sinalizado extra-oficialmente com a adesão ao projeto da NFC-e […]