Blog

Certidão negativa para licitações

Tempo de leitura: 3 minutos

A certidão negativa para licitações é um documento essencial para qualquer empresa que deseja fechar bons negócios com a Administração Pública. Trata-se de um atestado exigido para a participação nas licitações que comprova que não há débitos da empresa junto a órgãos governamentais.

Mas como é feita a emissão de certidão negativa para licitações? E quais são os detalhes que merecem atenção da empresa para evitar complicações na hora de participar de processos licitatórios?

Neste artigo, vamos compreender melhor tudo o que você precisa saber sobre certidão negativa para licitações. Confira!

Gestão de Certidões - CND

O que é certidão negativa para licitações?

A Certidão Negativa de Débito (CND) é o documento emitido pelos órgãos do governo para confirmar que não existem pendências em nome de uma pessoa física ou jurídica. Esse atestado pode abranger pendências de aspectos civil, tributário, fiscal, trabalhista, dentre outros.

Quando uma organização ou instituição do governo deseja fazer negócios com outra empresa, é importante se certificar de que essa companhia esteja atuando em regularidade com as exigências legais para evitar problemas, certo? É justamente esse o papel da certidão negativa para licitações – que torna possível que a Administração Pública reduza seus riscos.

É importante destacar que existem diferentes tipos de Certidão Negativa de Débito. Cada órgão pode emitir documentos atestando a inexistência de débitos com finalidades diferentes. Veja quais são os principais tipos de CND:

  • Ministério da Fazenda;
  • Secretárias da Fazenda;
  • Justiça do trabalho;
  • FGTS;
  • Tributos imobiliários;
  • Execuções fiscais;
  • Falência e concordata.

Tipos de certidão negativa para licitações

De acordo com a nova Lei de Licitações (Lei nº 14.133, de 1º de Abril de 2021), que substitui a Lei nº 8.666, os tipos de certidão negativa para licitações que são exigidos são:

  • A regularidade perante a Fazenda federal, estadual e/ou municipal do domicílio ou sede do licitante, ou outra equivalente, na forma da lei;
  • A regularidade relativa à Seguridade Social e ao FGTS, que demonstre cumprimento dos encargos sociais instituídos por lei;
  • A regularidade perante a Justiça do Trabalho;
  • Certidão negativa de feitos sobre falência expedida pelo distribuidor da sede do licitante.
Imagem de Free-Photos por Pixabay

Como gerenciar suas certidões negativas?

Para participar de licitações, é preciso estar com as certidões em dia. Para isso, é possível fazer a emissão das certidões exigidas em portais online – incluindo Secretaria da Receita Federal, site do TST, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, site da Caixa Econômica Federal (FGTS), entre outros.

Mais do que isso, também é importante ficar atento ao prazo de validade de cada um desses documentos. Afinal, você não deseja apresentar uma certidão negativa vencida e invalidar sua participação na licitação, não é?

Para tornar esse processo de gerenciamento da certidão negativa para licitação para simples e eficiente, você pode utilizar o Gestão de Certidões – DOOLivery. Com essa solução fiscal, é possível gerenciar todas as certidões negativas de débito (CND) e certidões positivas emitidas pela sua empresa.

Quer saber como o Gestão de Certidões desburocratiza seu trabalho? Confira aqui em 3 passos:

  1. Cadastro: a empresa faz o cadastro de sua matriz e filiais no sistema da Dootax.
  2. RPA de Certidões: o Gestão de Certidões – DOOLivery acessa os sites responsáveis e, de maneira automática, realiza o download de todas as certidões: Certidão de Débitos Relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União, Certificado de regularidade do FGTS, Certidões Negativa de Débito Estaduais e Municipais e Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas.
  3. Integração única: todas as certidões recebidas são visualizadas em um único sistema, podendo o usuário criar notificações de novas certidões, certidões a vencer, vencidas dentre outras.

A solução Gestão de Certidões, da Dootax, é indicada para todas empresas que buscam mais agilidade, segurança e simplicidade!

Você já conhecia a importância da certidão negativa para licitações? Quer conhecer melhor as funcionalidades do Gestão de Certidões? Então, visite nossa página!

Compartilhe
Alessandra Muniz
Sobre o autor

Alessandra Muniz

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Publicada atualização do manual de layout da ECF
Publicada atualização do manual de layout da ECF

A Receita Federal do Brasil publicou na última semana a atualização da minuta do Manual de Orientação do Leiaute da ECF. Foram incluídas no manual as tabelas dinâmicas dos blocos L (Lucro Líquido), M (e-Lalur e e-Lacs), N (Apuração do IPRJ e da CSLL), P (Lucro Presumido), T (Lucro Arbitrado) e U (Imunes e Isentas). […]

Como conquistar compliance fiscal inteligente?
Como conquistar compliance fiscal inteligente?

Neste artigo do blog da Dootax, nós veremos como sua empresa pode garantir o compliance fiscal inteligente. Acompanhe.

Entenda o ISS
Entenda o ISS

Entenda como funciona o ISS (Imposto sobre Serviços) e evite complicações no seu recolhimento dentro das exigências legais.

Escritórios